14 de abril de 2015

Dia 11 - Missa, Top of the Rock, Jantar Cruzeiro Romântico

      Neste domingo, programei para assistirmos uma missa na Catedral de St. Patrick. Escolhi este dia e hora (10:00am) porque era o único horário que o famoso coral da igreja iria cantar na missa. Fomos andando para a igreja, passeando pela 5ª ave. Tudo parece ser muito perto em NY, dá para ir a vários lugares andando. É claro que pode-se pegar o metrô para ir mais rápido, mas passear a pé é muito melhor, conhecemos a cidade, as pessoas, tudo, mas se o lugar é muito longe, ou precisa-se chegar logo, o metrô é um sistema de transporte extremamente eficiente em NY, e passa em qualquer lugar.

      Chegamos na igreja cedo, ainda estava no final da outra missa, nos acomodamos e esperamos o início da nossa. Foi uma missa linda, o coral cantou as músicas em frente ao imenso órgão que fica do outro lado do altar, na entrada da igreja em um piso superior e ocupa a parede inteira, e este também foi utilizado na missa. Lá, fiquei sabendo também que as missas da St. Patrick são transmitidas ao vivo pela internet no site da catedral e também em uns 5 canais de TV, sendo que cada canal transmite a missa de uma igreja de NY (brooklyn, bronx, etc...).



      Saindo da missa, renovados, fomos para o Rockfeller Center para conferir o Top of The Rock, que é um terraço mirante onde podemos ver Nova Iorque inteira. Não havia muita fila, a primeira era para passar por Raios-X e detectores de metais, como qualquer atração nos EUA está fazendo, a segunda é para esperar o elevador que nos levará ao terraço. Não demorou muito e já entramos no elevador, que subiu os 67 andares em mais ou menos 10 segundos.

      Lá em cima, o terraço possui uma parte fechada para quem tem frio e não quer ir lá fora conferir a vista, mas lá fora é que temos a melhor vista de todas. Existe também lojinhas de souvenirs sobre o TopOfTheRock para levar alguma lembrancinha para casa. É possível ver toda NY de lá, uma vista linda mesmo. O Terraço é todo protegido por vidraças com frestas onde dá para colocar a máquina para tirar uma foto mais "limpa". Existe também a possibilidade de você subir mais um andar onde não tem nenhuma vidraça separando você da paisagem. 



      Descemos o Top of The Rock e fomos para o Rockfeller Plaza, onde paramos em um restaurante (o Rock Center Café) para almoçar. O restaurante fica do lado da pista de patinação, tem um ambiente muito gostoso, um clima muito legal. O atendimento também foi excelente, e a comida estava deliciosa. Pedi uma Caesar Salad, que veio caprichada. Os preços desse restaurante me assustaram, mas foi um susto "ao inverso", pois imaginava que fosse bem caro, mas não, eram preços de restaurantes normais.



      Terminando o almoço, fui ver se iria ser possível patinar na pista um pouco, mas quase caí para trás, pois custava U$ 48,00 para patinar por 1h e 30 min. Para quem for patinar esse tempo todo pode até ser uma boa, mas eu não queria gastar todo esse tempo, tinha coisas para fazer, bastava 30 minutos e já estava satisfeito, então resolvi não patinar. Fomos novamente para a Nintendo World, pois queria comprar um jogo que não consegui no outro dia por causa da multidão que copareceu no lançamento do Mario Party 10, e para minha surpresa, estava tendo uma festa dentro da loja, duas funcionárias vestidas das princesas e um personagem especial estava recebendo todos lá. Claro que tirei uma foto com ele, né ?


      Voltamos a pé para o hotel e descansamos o resto da tarde. Tinha programado uma surpresa para a Cris neste dia, mas ela não sabia o que era: um cruzeiro-jantar romântico no Le Bateaux New York. É um barco com cobertura toda de vidro, ele sai dos Piers de NY no rio Hudson e dá meia volta em Manhattan, descendo em direção à Estátua da Liberdade, passando pela Brooklyn Bridge e voltando depois da Manhattan Bridge. Durante o cruzeiro, é servido um jantar completo de 3 cursos, além de ter música ao vivo.
      Fomos de táxi (destaque para o sistema de entretenimento dentro dos Táxis de NY, igual ao de aviões, onde você pode escolher o canal para assistir e até ver o mapa por onde você passou, desde quando você entrou no táxi!) para o Chelsea Pier, onde o barco estava atracado, foi uma boa surpresa para ela. Nossa mesa era individual (na verdade, todas as mesas são para 6 pessoas, mas como meu pedido era para 2, a mesa ficou com 1 casal na janela e outro na outra ponta da mesa), e o pacote romântico incluía um buquê de rosas e uma garrafa de Espumante Brut Francês. No final, levamos as taças como lembrança da noite.

      O jantar estava delicioso, a música muito boa também, inclusive cantaram 3 músicas brasileiras e a que a Cris mais gosta: Empire State Of Mind (Alicia Keys), terminando com a clássica New York, New York (Frank Sinatra). Foi um jantar maravilhoso.