14 de março de 2015

Dia 3 - Tour da Cris, Wicked, Hard Rock Café NY

      Amanheceu chovendo muito. Tomamos o café da manhã no hotel, que fornece o que chama de Café da Manhã Continental, com alguns tipos de pães, vários tipos de muffins, iogurte, mel, 3 frutas, sucos e cereais. O Café e chá é servido diretamente na mesa. Pode-se comprar algo mais elaborado também pelo menu, como omeletes e torrada francesa, mas esse café da Manhã Continental já serve como uma boa refeição para começar o dia.

      Neste dia eu tinha programado o que chamei de Tour da Cris. Saímos pela cidade para visitar uns pontos que a Cris gostaria de conhecer em seu primeiro dia em NY. É claro que ela resolveu que não iríamos pelo caminho que tinha planejado (e que ela não quis olhar com antecedência para aprovar ou fazer sugestões), mas sim pelo caminho contrário. Pegamos os guarda-chuvas que o hotel disponibilizava e caminhamos em direção à 5ª avenida, uma das mais conhecidas de NY e que contém as lojas mais caras que se conhece, como: Tiffany & Co, Apple. Gucci, Prada, Louis Vuitton, Ermenegildo Zegna, etc.
      Descemos a avenida até chegarmos à Catedral de St. Patrick, que apesar de estar em reforma, com andaimes todos ao seu redor e internamente, não consegue esconder toda sua majestade. Uma linda igreja de construção datada de 1858 a 1878, que se destaca no meio de tantos edifícios altos e modernos. Tiramos apenas algumas fotos externamente (tinha programado assistir uma missa no domingo) e fomos para o conhecido Rockfeller Center, bem em frente à Catedral, apenas atravessando a rua.

       O Rockfeller Center é um famoso edifício de NY, que possui um terraço vistável chamado de Top of the Rock, no 67º andar. Neste momento não subimos no terraço, e estarei falando mais para frente sobre ele, mais no final da viagem. No Rockfeller passeamos pelo seu interior e fomos ver a pista de patinação no gelo que fica montada até o mês de março. Com a chuva, o local estava bem vazio e ninguém estava patinando. Visitamos várias lojas no que chamam de Rockfeller Plaza (entre elas, a Gamestop !!!). Também ali, virando a esquina, ainda no Rockfeller Plaza, fiz questão de parar em um dos pontos obrigatórios para mim: o Nintendo World !

      O Nintendo World é uma loja maravilhosa para quem gosta de Video Games como eu. Ela possui 2 andares, muito espaçosa. O andar de baixo estava mais dedicado ao console portátil 3DS e muitas mercadorias para adolescentes e adultos, como camisetas de tamanho maior. No centro da loja, uma grande mesa com diversos consoles para todos testarem, além de muitos outros em bancadas em frente às janelas. Não contei, mas deveriam ter por volta de 20 3DS ligados para qualquer um testar. Até achei livros de piano das músicas do Mário e Zelda para meu filho tocar em casa.

  
     O andar de cima continha um painel dedicado à série Zelda, com todos os consoles e lançamentos de todos os jogos feitos dessa coleção (veja foto abaixo). Além do painel, diversos WiiU (mais ou menos umas 15 unidades) estavam espalhados em parte da loja com jogos para as pessoas poderem testar e se divertir, e também muitas mercadorias relativas aos jogos da Nintendo, mas voltados a crianças mais novas.Ficamos por lá um tempinho, o suficiente para eu pesquisar preços e decidir algumas compras.

      Continuamos nosso passeio descendo a 5ª Avenida, passando em uma ou outra loja no caminho. A próxima parada foi a Biblioteca Pública de New York. Um lugar fabuloso, aberto para o público, com muitas salas de estudo. Para os turistas, a biblioteca fornece folhetos e até um aplicativo para celular com explicações. Uma pena para nós foi que a sala Rose, a mais bonita e famosa estava fechada para reforma e não pudemos vê-la. Pudemos passear por todo o resto da biblioteca e conferir sua beleza. 


      Saindo da biblioteca, viramos a esquina e paramos no Bryant Park, localizado logo atrás dela. É um pequeno parque público, com um espaço onde todo inverno é instalada uma pista de patinação (já tinha sido retirada na nossa visita), muito bonito e parece ser bem aconchegante, quando não está frio e molhado como estava no dia...


Continuamos nosso tour voltando pela 41St até chegarmos à Times Square, famosa e conhecida por todo mundo pelas suas luzes intensas e sua movimentação contínua. Passaremos muito por lá, pois é perto e é caminho do nosso hotel. E realmente, a Times Square é única, muitas luzes, muitos painéis com propagandas, com avisos, um deles tirava fotos e mostrava todos (postarei esse no dia que passamos por lá, sem chuva).



    Estávamos com pressa, e não deu nem mesmo para almoçar, estávamos famintos. Mas mesmo assim, voltamos para o hotel para nos arrumar e à tarde fomos assistir o primeiro show da Broadway: Wicked. O teatro fica bem perto do hotel, fomos andando. Antes, a Cris teve que parar em uma loja para comprar um sapato para ela, pois não combinava nada uma roupa bonita com tênis de corrida azul e rosa ! A única notícia que tínhamos da nossa mala perdida foi que tinha sido achada e seria entregue no hotel, só não sabíamos quando, e como tínhamos o chá da tarde no Plaza Hotel (ambiente muito formal), não dava para ela ir de tênis !
      Voltando ao  assunto teatro, fomos até o Gershwin Theatre. Compramos 2 sacos de uma mistura de "nuts" com confetti para camuflar a fome e fomos para a sala. As poltronas que comprei (H-1013 e H-104) foram perfeitas, com uma boa distância e altura do palco. A peça é linda, fantástica, muito bem feita e atuada. Adoramos !



    Saindo de lá, íamos para o Hotel Plaza (Esqueceram de Mim 2), pois tinha agendado um Tea Afternoon. Fiz a reserva através do site do hotel para as 17:15. Fomos a pé, não era longe, mas chegando lá nossa reserva estava confirmada, mas nos informaram que o horário que serviam o chá da tarde era até 16:30, e nesse horário (17:15) só serviam coquetéis. Saímos frustrados pois não tinha nada no site avisando sobre isso, e resolvemos então ir para a Times Square jantar no Hard Rock Café !

      Fomos de metrô, e chegando lá, fizemos o check-in. Nos avisaram que iríamos ter que esperar mais ou menos 1 hora (ou mais, acho), anotaram meu telefone para nos enviar uma mensagem quando ela estivesse pronta. Fomos então na loja Toy's R Us, logo em frente, uma loja de brinquedos fantástica, com 4 andares de pura alegria para as crianças, e devo dizer: que loja !!! Cuidado quando levarem suas crianças lá, pois é um sonho para qualquer uma! Os funcionários ficam "brincando" com alguns brinquedos no meio da loja, para demonstrar, como aviões, helicópteros, massinhas, etc... mas o destaque é a roda gigante localizada bem no meio da loja, que ocupa os 4 andares dela. É a primeira visão que temos quando se entra na loja.

      Depois de passear um pouco pela loja recebo a mensagem do Hard Rock informando que nossa mesa já estava disponível, e só tinham passados apenas uns 20 minutos ! Chegamos no Hard Rock Café e nos acomodamos, como sempre, muito bem atendidos. o ambiente não é nada diferente do que os outros, com a diferença do tamanho, este é o maior Hard Rock Café que eu já fui, imenso, são uns 2 salões, e como estava cheio ! Além do atendimento, a comida (padrão entre os Hard Rocks) estava deliciosa.