23 de junho de 2014

2º Dia: Original Tour, London Tower e London Eye

     Começaram meu dia chamando que meu roteiro era CVC. Acordamos "cedo", às 08:30, tomamos o café da manhã no quarto, no dia anterior (como postei anteriormente) fui em um minimercado perto do hotel e comprei umas coisas básicas para o café.
     Tive um problema com o London Pass, pois não sei como eu esqueci 2 deles no Brasil. Levei apenas um dos bloquinhos, então tinha que procurar o escritório do London Pass para pegar outros. Comprei os cartões Oyster (cartão de metrô e ônibus) para nõs três, pois somente 1 cartão de 3 dias de metrô que vinham com o London Pass estavam comigo. Fomos então para a Victoria Station, que supostamente lá teria, mas era apenas um ponto de venda.  Nos encaminharam então para Embanchment, e tivemos que andar um pouco, mas finalmente achei o escritório deles, que prontamente imprimiram os London Pass para continuarmos nossos passeios.
     Subimos então no Original Tour, ônibus jardineira como o BigBus de Paris, para conhecer os pontos da cidade. O roteiro que fiz estavam programadas várias paradas, para conhecer diversos pontos pela cidade onde o Original Tour passava. No entanto, Cris resolveu que queria fazer o percurso inteiro do ônibus ouvindo a gravação, e somente depois começaríamos a descer nos lugares para visitar. Ficamos mais ou menos 2 horas no ônibus (o percurso é longo mesmo), e ainda tivemos que aguentar uns adolescentes franceses que estavam passeando e alguns deles pareciam que não tomavam banho fazia 1 mês ! Afe !
     Quando finalmente terminou o percurso, descemos no Arco Wellington para a primeira parada. O arco Wellington é como se fosse uma réplica do arco do Triunfo. Lá dentro tem um museu e podíamos subir até o topo dele. A vista era muito bonita das ruas e do parque logo ali do lado. visitamos ele todo, e já estávamos com fome, pois perdemos muito tempo dando a volta com o ônibus. Decidimos então entrar no Green Park, para comer alguma coisa. Encontramos uma barraquinha muito simpática vendendo várias coisas,  e Cris/Gabriel decidiram comer um cachorro quente londrino. Sentamos ali mesmo no banco do parque enquanto lanchávamos e obsevávamos o movimento de pessoas, bicicletas e até um pessoal fazendo equitação.
Sugeri pegarmos o metrô para as próximas atrações, mas Cris ainda queria continuar o passeio com o ônibus para ver a cidade, então esperamos o próximo e fomos até a próxima atração: o Monumento, demorando mais ou menos 1 hora e 30 minutos para chegar nele (eu e Gabriel acabamos dormindo no percurso!). Essa construção é tipo uma torre, um obelisco, de 61 metros de altura e foi construído em homenagem ao grande incêndio de Londres, construída em 1677, e possui 311 degraus. Subimos todos eles pela escada apertada e tivemos uma bela vista da cidade. Ao descermos, ganhamos até um certificado de que conseguimos subir até o topo da torre !

London Tower
     Saindo da Torre, já sem tempo para ir para os lugares programados, pegamos finalmente o metrô e desembarcamos na London Tower, chegando por volta das 17:00. Em Londres, a maioria das atrações fecham bem cedo, e a London Tower não era exceção. A London tower é imensa, uma fortaleza utilizada antigamente e que agora dá lugar a um imenso museu. Entramos pela entrada express do London Pass. Lá, visitamos diversos aposentos, vimos muitas armas medievais utilizadas antigamente, coroas antigas (sem as jóias) e vários outros itens, tudo isso ao redor da fortaleza central (chamada de White Hall), no "muro". Eu e Gabriel fomos mais rápido, pois a Cris gosta de ficar lendo cada placa, cada explicação de cada item que está exposto. Saindo do "muro", eu e Gabriel, sem conseguir falar com a Cris pelo rádio, acabamos entrando na fortaleza central (White Hall), que foi fechada exatamente após nossa entrada. Lá dentro era como se fosse o museu da "casa de armas". Muitas armaduras (para os homens e cavalos), espadas e armas diversas já utilizadas antigamente, não só pela Inglaterra como também pelos amigos/inimigos. Até armadura (com as armas) de samurai estavam expostas. Gabriel morreu de rir dessa armadura da foto ao lado... por que será ? 

     Não deu mais tempo de visitar nada, pois já passavam das 18:00 e tudo fecha nesse horário. Fomos então para o London Eye, que era ali perto, bastando atravessar a ponte. A fila do London Eye estava boa, não era muito grande, precisávamos ainda comprar os ingressos e também foi tudo bem rápido. Subimos na London Eye, ela possui um "carro" grande, que cabem umas 20 pessoas. A roda anda bem devagar, e uma volta toda nela demora mais de 30 minutos. Você tem chance de ver a linda cidade de Londres e vários de seus pontos turísticos e tirar muitas fotos. Tudo é muito seguro.

     Fomos então embora para o Hotel (Cris ainda queria ir de ônibus !) e jantamos por lá mesmo.

Vista do Parlamento pela London Eye