30 de junho de 2014

9º Dia: Troca da Guarda, Dia do Rock

     Este dia também passeamos muito ! Iríamos para Cambridge, mas Cris desistiu e ficamos passeando pela cidade mesmo.

     Começamos indo para o Palácio de Buckingham, para ver a famosa troca da guarda. Chegando lá, a praça já estava muito cheia, todo mundo já esperava para ver o evento ! Conseguimos um lugar aparentemente bom e ficamos esperando, o sol estava forte. Demorou um pouco, mas finalmente a parada começou a chegar. 

    A troca da é muito interessante. Muito legal ver ao vivo aqueles guardas com os capacetes tradicionais, grande e peludos. Ficamos na praça, mas a guarda passa por ali e entra no palácio. Lá tem uma cerimônia da troca que não deu para vermos, pois já estávamos do outro lado da rua e a cerca já estava lotada. Ficamos esperando, e enquanto isso, um policial explicava para o pessoal o que estava acontecendo e o que iria acontecer, fazendo até algumas "piadas" com relação à guarda... bem inusitado...
      Terminada a troca, a guarda antiga sai e continua a retirada pelo outro portão. Depois de passada a guarda, fomos embora pela rua principal, aproveitando para tirar fotos da praça Victoria Memorial e dos jardins.






     Fomos então para a Trafalgar Square, onde pegamos inicialmente o Original Tour. Lá compramos uns tickets para fazer um Tour do Rock a pé. O tour foi interessante, uma guia nos levou a vários locais onde famosos cantores de Rock frequentavam, contanto a história de cada local. O sotaque dela estava bem carregado, um sotaque inglês bem forte, e como ela falava um pouco rápido foi necessário um pouco mais de atenção para entender tudo (ela já tinha até avisado disso!). Andamos bastante, passando até por Chinatown. 

     Resolvemos então aumentar o repertório do nosso Dia do Rock indo conhecer a famosa faixa de pedestres onde os Beatles tiraram uma foto para o disco deles, o Abbey Road. Pegamos o metrô para ir para lá, e chegamos rápido. Choveu enquanto estávamos no metrô e saímos ainda estava chovendo um pouco. Esperamos a chuva melhorar e fomos atrás da famosa rua. Não demorou para encontrar, e foi muito fácil, pois lá já estavam um monte de pessoas tirando fotos e atravessando a rua. O lugar é uma rua comum, com uma faixa de pedestre comum, então não dá para tirar muitas fotos tranquilamente, é preciso paciência para que a rua esteja vazia para poder tirar uma boa fotos. Pedimos para um rapaz tirar fotos para nós.

    Conitnuou a chover bastante, e resolvemos ir embora, a chuva apertou no caminho do metrô, mas a Cris queria voltar de ônibus (os famosos ônibus de 2 andares de Londres), cuja parada era do lado do metrô, e foi outra experiência muito interessante. Chegamos no ponto de ônibus e lá na parada existia um painel eletrônico onde passavam informações sobre todas as linhas que paravam ali, mostrando inclusive quanto tempo cada linha demoraria para chegar naquele ponto. Esperamos e no horário indicado nosso ônibus da linha 82 Victoria estava chegando. Os ônibus de lá também são um show à parte. Inicialmente, a suspensão dele abaixa quando ele para no ponto para se igualar à da calçada e facilitar a entrada. O cartão Oyster é integrado, então funciona tanto no metrô quanto no ônibus também. A limpeza é algo fora de série também, tudo muito limpo lá dentro, igual ao metrô, inclusive, outro painel indicando a linha, para onde vai e qual a próxima parada dele, junto com um aviso falado de todas essas informações. Show ! Quem dera pudéssemos ter algo assim aqui no Brasil... nunca pensei que fosse tão bom andar de ônibus !

     A próxima parada no nosso Dia do Rock não poderia ser outra do que o Hard Rock Café ! Como poderíamos deixar passar ? Chegamos lá e demos nossos nomes para a lista de espera, e enquanto esperávamos fomos visitar a loja que ficava na esquina e também o The Vault, que é praticamente um cofre-museu com itens históricos e raros de peças, vestimentas e tudo mais que se possa imaginar que já pertenceu a um astro do Rock. A coleção é impressionante e só se pode descer lá junto com um funcionário da loja. Em algumas épocas do ano o The Vault só abre em certos dias específicos.
     Os comentários sobre o jantar no Hard Rock Café não poderiam ser outros: comida deliciosa, atendimento excepcional, ambiente fantástico. Dessa vez, não caímos na pegadinha da sobremesa, e pedimos uma daquela taça gigante para dividir. Assim todos ficaram satisfeitos e ninguém passou mal ! 
      Voltamos para o hotel de ônibus também, linha 74 Putney