18 de agosto de 2011

3º Dia: Magic Kingdom


      Acordamos cedo (mas não tanto quanto queria), fizemos um café da manhã reforçado, tomamos nossa vitamina C e nos aprontamos para irmos ao Magic Kingdom. Preparei minha mochila com mudas de roupa, uma toalha e garrafinhas de água (muito importante!), além de levar também a máquina fotográfica em uma bolsa separada (para ficar mais prático de tirar algumas fotos). De carro tudo ficou muito mais fácil, pegamos a estrada perto das 09:00, hora que os parques abrem.

      Muito calor e muito sol ainda de manhã ! Chegando na Disney, ficamos impressionados com o tamanho do estacionamento: imenso, difícil de descrever, não dava para ver o final dele. No centro passava um trenzinho que levava todos para o pórtico de entrada do complexo.

      Pegamos o trenzinho e a felicidade do Gabriel estava estampada no rosto. Chegando na área central, muitas pessoas tirando fotos do jardim com o logo da Disney, e paramos também. Um japonês  com a família me abordou e pediu para tirar fotos da família dele na frente do jardim e em troca tiraria nossa também, e é claro que aceitamos. A viagem começou perfeita !

        Entramos no complexo e percebi então que ainda não tínhamos chegado no Magic Kingdom, e sim em uma estação central onde partiam vários Monorails (trens monotrilhos) para os diversos parques da Disney. No caminho ao Magic Kingdom dava para ver o tamanho desse mundo chamado Disney... não tinha como distinguir onde terminava tudo...

      Chegando no Magic Kingdom, passamos pela segurança da entrada (revista de mochilas e aquisição de digitais) e finalmente entramos no parque. Seguindo o roteiro, procuramos onde era a Frontierland, mas ao invés de pegar o WDM railroad (nem sabíamos o que era: um trenzinho que rodeia todo o parque) seguimos em frente, e foi bom porque logo na praça parou um ônibus do Mickey onde embarcamos e ele deu uma voltinha na praça, foi simples e gostoso.

        Depois de sair do Ônibus, nos encaminhamos para a FrontierLand. Lá estavam nos esperando nossos primeiros brinquedos, mas no meio do caminho, Gabriel já com o sorriso lá nas orelhas, encontramos o Pato Donald e já paramos para tirar umas fotos com ele !  Gabriel se deliciava com todo o parque, cada enfeite, cada barraca. Compramos o conhecido chapéu do mickey (com as orelhas) para ele, que adorou e utilizou durante a viagem toda. Paramos na montanha russa Big Thunder Mountain, que estava com uma fila considerável, pegamos o Fastpass para ela (primeira vez que fazíamos isso) e entramos na fila do Splash, que também estava grande, mas deu o tempo certinho para andarmos no brinquedo e voltar para a Big Thunder na hora do Fastpass.

     Depois de lá, passeamos mais pela terra até a área do Piratas do Caribe, na Adventure Land. Lá pegamos outro Fastpass para um brinquedo e fomos fazer o passeio do Piratas. Quando saímos, uma surpresa, logo em frente estava acontecendo um teatro ao ar livre, com o capitão Jack Sparrow, Gabriel ficou fascinado. Assistimos um pouco do teatro, e chegou a hora de irmos para o outro brinquedo que tínhamos o fastpass.





      Continuamos passeando por todo o parque, que é imenso, e fomos almoçar em uma das inúmeras lanchonetes de lá. Aproveitei para comer Caesar Salad, pois toda lanchonete de lá tinha, as comidas são padronizadas, o cardápio é praticamente um só, mas sempre tem um restaurante mais caprichado, com um cardápio mais elaborado e exclusivo. Descobriríamos isso no outro dia, e aproveitaríamos bem essa novidade, mas é preciso ter atenção, pois normalmente é necessário que você faça uma reserva antecipada, de preferência quando o parque abre, ou corre o risco de não conseguir vaga na hora que você quer almoçar.





     Continuamos nossa volta pelo parque peal Fantasy Land, que passa atrás do castelo. Nessa época ainda existiam poucos brinquedos, muitas áreas novas foram inaurudadas desde então, e só existia um tapume anunciando a futura área. Nesta área os brinquedos eram destinados para crianças menores, então praticamente não fomos em nenhum por ali, então nos dirigimos para a FutureLand. Lá sim era meu lugar ! Chegando lá logo vimos uma fila para tirar fotos com o BuzzLightyear, um dos personagens preferidos do Gabriel. Uma outra fila me impressionou, gigante, e quando fui ver era a fila para tirar fotos com o Tico e Teco. Percebi que eles eram um dos personagens mais queridos da Disney por lá, pois todo lugar eles possuíam a maior fila para tirar fotos com as crianças !

     Na FutureLand existem muitos brinquedos excelentes ! Fomos primeiro no Orbitron, um brinquedo tradicional dos parques de diversão onde ficamos em um foguete que gira e sobe/desce, só que este é claro era bem incrementado, tínhamos que subir um elevador até chegar no brinquedo, etc...
      Fomos também na Space Mountain, uma montanha russa fechada, coberta. A fila estava pequena e pudemos ir rápido nela, e adorei ! Até a Cris foi ! A montanha é demais, dá uns sustos pois você não consegue ver o caminho que vai seguir, tem umas iluminações que fazem parecer que você realmente está no espaço. Um passeio excelente, dá até para ver no rosto da Cris na foto abaixo, rs....


     De lá, fomos andar em um brinquedo muito interessante chamado Speedway. Consiste em uma pista com várias faixas, e você senta em um carro com um combustível ecológico e pode dirigir o carro pela pista. É claro que cada carro não sai da faixa, ele segue um trilho, mas você tem uma certa liberdade de manobra e para acelerar e frear à vontade. Cada carro cabe apenas 2 pessoas, e Gabriel foi comigo em um dos carros e Cris em outro. Estava um calor infernal, mas no momento que sentamos no carro, caiu uma chuva daquelas de verão, que nos deixou ensopados. Não podíamos sair do brinquedo porque já estávamos andando nele, então só pudemos é aproveitar a chuva, que estava bem forte, e rapidinho foi embora

! Saímos do brinquedo debaixo de sol forte novamente. Felizmente, sempre levávamos conosco uma muda de roupa extra, então fomos para o banheiro nos trocamos.


    Continuando nosso passeio, fomos no brinquedo de tiro do Buzz LightYear, que também é muito divertido, você se senta em uma nave e tem que atirar em pontos nos inimigos enquanto passa pelos cenários, e cada acerto conta pontos. No final você compara com seu companheiro sua pontuação final. Fomos também no Peoplemover, um trenzinho suspenso que passa por toda a FutureLand e aproveitamos para dar mais uma voltinha na Space Mountain !

     Já no final da tarde, voltamos à FantasyLand porque Gabriel resolveu andar no brinquedo do Dumbo. entramos na fila que ficava embaixo de uma tenda, e de repente começou a chover novamente. Só que desta vez a chuva foi mais forte, ventando com força também. todos se refugiaram nos restaurantes, lanchonetes e brinquedos, e nos pediram para sair da fila do Dumbo, pois estava ficando perigoso. Saímos correndo pelo parque no meio da chuva e acabamos pisando em uma super poça que molhou nossos pés (sem muita diferença, já estávamos molhados ! kk). Nos refugiamos em um brinquedo tipo teatro, e acabamos ficando por ali mesmo. Aproveitamos que já estava começando uma sessão e resolvemos assistir, e foi uma grata surpresa, um filme/teatro simples e divertido.



   Quando terminou, a chuva já tinha acabado. Por causa dela, a parada elétrica que acontece todo dia teve que ser cancelada. Já era noite, e fomos para a rua principal da entrada para fazer um lanche, mas é claro que no meio do caminho paramos várias vezes para tirar fotos do castelo que agora estava iluminado.

      Comemos em uma das lanchonetes de lá e esperamos para o "grand finale" tirando fotos da praça central da entrada do parque que agora estava toda iluminada, o show de fogos que acontece toda noite no fechamento do parque. E realmente é lindo! Tudo começou por volta de 21:45, antes do show o castelo todo vira uma tela, onde são projetadas imagens que o enfeitam de forma diferente e de acordo com músicas que tocam ao mesmo tempo, com partes de desenhos conhecidos, antigos e novos. Neste momento, as luzes do parque são diminuídas para aproveitarmos melhor o espetáculo, e no final, começa a queima de fogos de artifício que é maravilhosa, tanto que Gabriel e Cris não aguentaram e caíram no choro, era muita emoção para nosso primeiro dia na Disney. Saímos do parque eram mais de 23:00 super cansados, mas ansiosos pelo próximo dia !