25 de agosto de 2011

10º Dia: Sea World



     NOTA: Fomos ao SeaWorld antes de sair o filme Blackfish, mostrando os abusos e a vida que as baleias do SeaWorld são tratadas. Os relatos abaixo retratam o que passamos e o que sentimos quando fomos. Hoje eu não sei se voltaria lá, pela tristeza que sentiria sabendo o que ocorre e não recomendaria para ninguém, mas não posso deixar de contar aqui as maravilhosas horas que passamos quando fomos a este parque.



     Esse passeio foi muito prazeiroso. O parque é lindo, todo limpinho e arrumado e logo na entrada encontramos a Shamu para nos recepcionar e tirar algumas fotos. Nossos tickets já estavam comprados pela internet e entramos logo. Esse parque não tem muitos passeio (ou rides), possuía (em 2011) apenas 2 montanha russas (Manta e Kraken), o principal desse parque são os Shows. É preciso ser bem organizado para conseguir assistir todos os shows e ainda passear pelo parque, que abria uma diversidade enorme de animais marinhos.
     Já fui preparado, mas é sempre bom pegar na entrada a programação do dia e verificar os horários dos shows. 

     Chegamos às 09:30 e já fomos ao primeiro show agendado, o Blue Horizon. É um show envolvendo acrobatas, golfinhos e aves treinadas. O show é realmente lindo e indescritível, mas deixo abaixo algumas fotos para você ter uma idéia da emoção de ver tanta beleza.













     Depois do show, já partimos correndo para outro show do parque, que iria começar logo em seguida, o Pets AHoy. Este segundo show não tem nada a ver com animais marinhos, mas sim um show lindo com cães, gatos e outros animais. Todos muito bem treinados e (pelo menos parecia) bem tratados. Foi um show que durou mais ou menos 20 minutos e nos fizeram rir em alguns momentos. Todos os animais muito lindinhos e fazem cada truque que nem imaginamos serem capazes. Excelente !!!!




     Depois desses dois shows iniciais, fomos conhecer o resto do parque. Óbvio que a primeira coisa que eu e Gabriel fomos conhecer foi a monta russa Manta. Uma montanha russa muito diferente e genial. Mas antes que pudéssemos conferir, Gabriel tinha que passar pela medição. O rapaz mediu várias vezes, pois Gabriel tinha que ficar embaixo de uma plaquinha da altura mínima, e como ele estava no limite, a plaquinha passava no cabelo dele. Acabou que deixaram ele passar (UFA!).
     A fila para a Manta já impressiona. Ela é praticamente dentro de uma caverna, rodeado por aquários imensos onde diversos peixes de diferentes tipos estão presentes, inclusive arraias gigantes. Em certa parte existe um aquário cheio de arraias no teto ! O carrinho da montanha russa também é diferente de todas que já fui. Depois que você se senta nele e fica preso, o chão se retrai e o carrinho assume a posição deitada, com você olhando para o chão. O passeio na montanha russa é feito nessa posição. Muito boa mesmo !



     Saindo da manta, já eram mais de 12:00, a fome "bateu" novamente e o horário de nossa reserva no restaurante estava chegando. Nos dirigimos então para o único restaurante do parque (o resto era lanchonete), o Shark Underwater Grill.
     Esse restaurante é simplesmente fantástico ! O ambiente é todo escuro para dar destaque à atração pricnipal do restaurante: um super aquário gigante, cheio de tubarões e peixes enormes. O aquário ocupa a parede toda do restaurante e nos acomodaram em uma mesa justamente colada ao aquário. 

     Enquanto você almoça, passa do seu lado tubarões martelo, tubarão branco e todo outro tipo que não conheço, além de peixes gigantes e também pequenos. Eles passam tão perto que você pode ver todos os dentes deles ! Incrível essa experiência !

     A comida também é muito deliciosa e caprichada. Para "variar" um pouco Gabriel pediu o tradicional Mac'n Cheese dele. 
    Veja abaixo algumas fotos dessa incrível experiência:




     Saindo do restaurante, passamos por uma passarela em um túnel que passa justamente no meio desse aquário gigante do restaurante. O túnel é todo transparente então você pode observar melhor toda a extensão do aquário, saindo em uma pequena exposição que mostra tudo sobre tubarões, inclusive com mandíbulas de tubarões. 

     Passamos por outros lugares do parque também, como aviário e algumas piscininhas com animais marinhos, até chegarmos no Kraken, a montanha russa  mais longa de Orlando. Outro passeio que eu e Gabriel estávamos esperando ir e que adoramos do início até o final. Realmente o passeio é mais longo que qualquer outra montanha russa que fomos, mas não significa que ela seja mais radical. Fomos em montanhas menores bem mais radicais que a Kraken, mas ela ainda assim é muito boa !



     Visitamos também uma área com muitas focas e em outra área com amostra de animais de ambiente gelado, como pinguins e leões marinhos. A área dos pinguins é muito interessante porque existe um vidro no ambiente todo e você consegue ver a parte seca e por debaixo d'agua também. 

     Chegou então a hora de mais um show, o Clyde & Seamore's Sea Lion High. Um show de comédia onde temos a presença de leão marinho, foca e outros animais que não sei o nome. Muito bom o show ! Não perca quando for !

     Saímos correndo deste show para assistir o último show da Shamu que iria acontecer logo em seguida. A Shamu é a orca mascote do parque. 
     O show acontecia em um estádio coberto, com uma piscina enorme com uma lateral de vidro onde dava para ver as baleias nadando. As arquibancadas mais inferiores são chamadas de Splash Zone, a zona que a Shamu e outras orcas molham a platéia jogando água com a cauda. Nós preferimos não nos molhar e sentar bem em cima. O show era muito bonito, com as orcas fazendo malabarismos, mas prefiro não ficar comentando mais sobre este show que já anunciaram o fechamento devido aos escândalos do filme Blackfish. Fiquem com algumas fotos selecionadas:











     Acabaram-se os shows, então continuamos a passear pelo parque, até que achamos outro Playground imenso que Gabriel não podia deixar passar em branco. Este tinha 3 andares, com muitas cordas, tubos e áreas dentro para Gabriel passar um bom tempo se distraindo por lá. Depois do Playground, ainda fomos em uma mini montanha russa da Shamu, só para não dizerem que não fomos em todas as atrações do parque !