8 de junho de 2016

Alugar ou não um carro ?

I  
 Uma pergunta que todos fazem um dia é se vale a pena ou não alugar um carro.
     A resposta para esta pergunta não é simples, pois depende de muita coisa. Existem cidades que se você não tiver um carro você acaba ficando muito limitado, tem cidade que você até precisa, mas não compensa por causa do preço ou do trânsito, outras o transporte público é tão eficiente que você não precisa.

     Portanto, o que você precisa fazer inicialmente é uma pesquisa intensa para ver todas as opções disponíveis no local onde irá viajar. Abaixo coloco minha opinião dos lugares que fui:


  • Orlando: alugar carro em Orlando é fácil, simples e barato (até carros de luxo). fica muito mais barato alugar um carro lá do que se transportar por táxi ou transporte do hotel. Além disso, o trânsito é fácil, organizado e simples. Com o carro você fica livre para ir ou voltar a hora que quiser, o que não ocorre com o transporte feito do hotel para os parques. Fica também mais fácil guardar as compras. Não aconselho tentar utilizar transporte público lá. 
  • Paris: tem um trânsito complicado, ruas estreitas. O transporte público (metrô e ônibus) é tão eficiente e tão abrangente que torna ilógico andar de carro. Existem vendas de tickets para dias consecutivos sem número de entradas no metrô. A única ressalva é quem vai levar bebê, pois aconselho a não levar carrinhos robustos, pois a maioria das estações não tem acessibilidade. Leve carrinho tipo guarda-chuva leve que seja fácil de carregar. Existem também os trens que te levam a lugares mais longe.
  • Londres: também tem um sistema público excelente, com metrô que abrange toda a cidade, de qualidade, limpo e eficiente. Os famosos ônibus também com a mesma qualidade. Possui também um cartão com planos de uso livre para vários dias. Completamente desnecessário um carro para andar na cidade. Existem também os trens que te levam a lugares mais longe.
  • Bariloche: aluguel de carro é altamente recomendável. É muito simples dirigir pela cidade (preste atenção nos lugares de estacionamento proibido), aluguel barato, carros simples. Algumas atrações, como os cerros, ficam longe e um carro alugado é altamente recomendável. 
  • Buenos Aires: o trânsito caótico desencoraja qualquer um a andar de carro. O sistema de metrô é antigo mas muito bom, mas não passa pela cidade toda. Nesta cidade recomendo um Mix de carro/metrô, mas não é necessário alugar um carro, os táxis são muito baratos (só cuidado com os golpes dos malandros, pegue táxi oficial apenas). Existem os remis também, que são carros particulares com preço fixo para a viagem.
  • Nova Iorque: outra cidade com um transporte público excelente. Metrô que abrange a cidade toda unido a uma malha de trens que te leva para lugares mais longe. Também possui tickets (integrados com ônibus de excelente qualidade) com planos semanais e mensais com viagens ilimitadas (quando fui paguei U$ 30,00 por 7 dias de viagens). Dá para ir de metrô do Aeroporto até o centro da cidade ! Mas não vá esperando muita acessibilidade, muitas estações só possuem escadas estreitas. Se estiver sozinho, com muitas malas ou carrinho de bebê pode ser um problema. Trânsito caótico, totalmente não recomendável o aluguel de carro, mas pode-se pegar um táxi para locais onde o metrô ainda não vai, como o píer.
  • Gramado: recomendo muito um aluguel de carro para quem chega no aeroporto de Porto Alegre e vai para Gramado. O translado que você vai pagar, dependendo de quantas pessoas forem, já poderá pagar quase uma semana de aluguel de carro. Diversos restaurantes e atrações da cidade, assim como os hotéis, oferecem transporte ida e volta, mas para muitas atrações um carro é necessário. A cidade é pequena, a partir do centro você pode ir a muitos lugares, mas com um carro você pode fazer um tour nas vinícolas no Vale dos Vinhedos, por exemplo, e ir nas vinícolas que quiser.