3 de julho de 2016

Dia 2 - Praia, Tênis, Videokê

     Amanheceu com um dia lindo. Um vento forte, como sempre faz aqui, o que fazia com que grandes nuvens passavam e escondiam o sol, mas ele predominava e o calor estava muito bom. Claro que aproveitamos para levar a Bia para conhecer a praia, e foi muito bom !
     Acordei Bia me acordou às 6:30, horário que ela costuma acordar em Brasília, e eu ainda estava muito cansado do dia anterior. O dia já estava bem ensolarado (aqui o sol nasce às 5:30!). Deixamos Gabriel dormir, pois ele gosta de dormir até mais tarde, e fomos tomar café da manhã no restaurante.
     
     O café da manhã é caprichado, e tem de tudo, até espumante ! Bom, claro que já experimentei hotéis com café da manhã mais completo, mas esse é excelente, tinha ovos mexidos, molho de salsicha, cuscuz de milho, pães, bolos, cereais, leite, iogurte, frutas e muito mais. Alguns dias vi picanha acebolada, maminha e algumas coisas que não sei o que faziam lá. Tem também uma estação de tapioca e omelete. O que acho que o que mais faltou para mim foi uma salada de frutas e um iogurte natural. Tive que fazer minha própria mini-salada de frutas na hora.

Café da manhã
Café da manhã
Café da manhã
     Terminado o café da manhã, fomos para o quarto e Gabriel já tinha acordado, queria tomar café da manhã com a gente (que menos pais nós somos...) e também ir para praia. Como ele já está em uma idade que sabe se virar sozinho, nós pegamos um transporte no hotel enquanto ele tomava o café da manhã e depois ele foi nos encontrar na praia.

Ida para a Praia
     Pegamos o transporte (uma Van) na recepção do hotel. A praia fica a uns 2km de distância do hotel, e para chegar lá entra-se em ruas de terra bem estragadas. Normalmente o hotel nos deixa em um ponto de apoio dele na praia, mas este está em reforma e fizeram uma parceria com uma pousada (Pousada das Conchas) para servir como o ponto de apoio, e achei excelente, pois conhecemos a pousada por dentro e tive uma bela surpresa, ela é muito bonita e arrumada, uma graça. Um excelente lugar para ficar na beira da praia, possuem um restaurante, sala de Relax e 2 pequenas piscinas que as crianças com certeza aproveitam bastante. 
     Na frente da pousada o mar era muito agitado, puxa demais. Então não entramos na água. Mas claro que levamos a Bia para conhecer a praia e o mar. A levamos até onde a água chegava. Ela ficou doida, amou de vez, ficou toda agitada, querendo ficar ali, pegar a areia e tudo mais. Gabriel mais corajoso entrou na água, mas ficamos de olho para que ele não fosse mais fundo, pois a praia é realmente perigosa, não recomendo ninguém a nadar lá.

Minha 1ª Praia
Gabriel aproveitando
Petiscos
Praia de Tabatinga
     Algo que senti muita falta foi um suporte na areia da praia. Apesar de todo aparato na pousada, não tem barraca nem cadeiras na praia, ela fica sem nada. Só tinha mesmo 2 barracas bem velhas com umas cadeirinhas, tudo enferrujado.
     Aproveitando o momento, enchi a piscininha da Bia ali mesmo na grama e ela ficou lá brincando muito, adorou a novidade e sempre queria pegar as plantinhas que ficavam na frente. Uma ótima aquisição! Pedimos também petiscos (isca de filé, ovos de codorna e batata frita) e bebidas para curtir. Uma pena não estarmos na areia da praia. Seria perfeito.


Bia e suas graminhas
Curtindo a Praia
Bia e sua Piscininha



Voltando para o Hotel
     Na hora de voltar, chamaram o transporte e Bia dormiu encostada na barra da van enquanto observava tudo a sua volta, não resistiu e se entregou. Fomos conferir o Buffer mineiro do almoço, mas não sei se minha mineirice está enferrujada, mas achei um pouco fraco. Pratos típicos de minas faltaram, como uma galinhada, ou uma abóbora refogada. O buffet não estava ruim, sempre tem muitas opções desde peixe, frango, carnes e massas... mas como a propaganda é buffet mineiro, alguns pratos que para mim seriam essenciais faltaram. 
Papinhas da Bia
     Pedimos a papinha da Bia conforme foi solicitado, mas o que veio não estava certa. Nos forneceram arroz sem amassar, o feijão era o mesmo feito para os adultos, e o frango colocaram pedaços inteiros no pote, era para vir tudo amassadinho ! Tivemos que fazer uma reclamação na recepção.

Jogo de Tênis
     À tarde Gabriel me chamou para jogar tênis. O hotel tem uma quadra de saibro, e acabamos jogando 1 set inteiro. Óbvio que ele ganhou de mim, mas estou orgulhoso que ganhei 3 games dele !
     Saímos do jogo de tênis e já encaixamos no chá das 5, que era ali pertinho no bar Namibe. O chá das 5 é bem simples, somente mesmo algumas coisas, normalmente 3 comidas (mini-churros, bolo e folheado), um iogurte, um suco, refrigerante, água, e uma máquina completa para café.

     Depois do chá das 5, passeamos pela piscina, onde estava acontecendo um bingo. O entardecer estava simplesmente lindo neste dia. Bia estava super cansada, e depois do banho adormeceu até às 21:20. Já estávamos com fome (será possível isso ?) quando ela acordou acho que foi a alegria de todos !

Entardecer na Paraíba
     Fomos direto para o restaurante, e a papinha da Bia estava mal feita novamente, era igual à do almoço, mas com a diferença que o frango estava desfiado. Como chegamos bem no final, a sobremesa já tinha quase toda acabado, perdemos algumas, não estavam repondo mais.

      Para finalizar a noite, fomos para o Videokê que estava acontecendo no Bar Namibe. Todos cantamos, principalmente Gabriel, que já estava enturmado com a galera do clubinho, e cantou várias músicas que ele mais gosta.
 
Videokê
Videokê










Pequeno vídeo do dia: