24 de fevereiro de 2017

Hotel Fazenda Paraíso dos Sonhos


     O hotel fazenda Paraíso dos Sonhos é um hotel fazenda diferente. Fomos lá para passar o carnaval (eu não sou muito de folia) e queríamos alguma coisa diferente, gostei do destino escolhido, principalmente por ficar perto do Pireneus Vinhos e Vinhedos. 
     Está localizado à margem da BR-414, a cerca de 2 horas de Brasília e a 26 minutos de Pirenópolis.

      O hotel é diferente de tudo que já fui. Diz ser um hotel fazenda, mas ele é localizado em duas colinas, não parece nada com uma fazenda. As colinas são divididas pelo Rio Corumbá, e uma ponte liga as duas partes do hotel. 

       O hotel é interessante, possui alguns animais, mas esse tipo de estrutura tira um pouco a graça de ser um hotel fazenda, que normalmente se tem um grande espaço, um pasto, etc, além de cansar muito só de passear pelo hotel, visto a quantidade de ladeiras que se deve subir e descer. 

       Também, os preços das bebidas no hotel são caríssimos. Um Vinho concha Y Toro Reservado, por exemplo, custava R$ 70,00 ! Os petiscos também eram bem caros. 


     Obs.: Este passeio foi feito há mais de um ano atrás, mas não sei por que a postagem não foi feita. Felizmente tenho minhas memórias, fotos e anotações diárias do que aconteceu, me permitindo relembrar tudo e escrever esse artigo, mesmo 2 anos depois. Caso venha me lembrar de algum detalhe eu atualizo a postagem. 


Dia 1 - Chegando...

Recepção
     O primeiro dia foi basicamente o dia de viagem. Saímos tranquilamente de Brasília depois do almoço e choveu muito praticamente a viagem toda, mas tudo correu bem. Chegamos lá por volta das  16:10 e fizemos o check-in na recepção, que fica logo depois da entrada e na parte mais alta do hotel fazenda.
      Neste dia não deu para fazer muita coisa não, pois até darmos entrada, nos encaminharmos para nosso quarto, desarrumarmos nossas malas, já tomou um bom tempo. Mesmo assim ainda estava claro, a chuva deu uma trégua e saímos para conhecer o hotel. Foi aí que descobri como ele era, seu formato. Na parte que estávamos ficam localizados os apartamentos e o restaurante. Passando por uma ponte, chegamos na área de lazer, onde temos as piscinas, bar sauna, quadras, etc...

     O hotel estava vazio, mas acho que foi a época e o dia da semana que chegamos. Não tínhamos muito o que fazer por ali, estava muito frio e fez bastante naquela noite. Fomos então para o restaurante jantar.
     A comida estava bem caprichada e variada, estilo fazenda mesmo, com parte feita em panelas de ferro e de barro. Pouca gente e clima agradável, foi um ótimo jantar.

Apartamentos
Conhecendo o Hotel
Piscina "Aquecida"
Piscina
Piscina "Aquecida"
Bar e Jogos
Bar e Jogos
Rio Corumbá
Na Rede
Rio Corumbá
Piscina
Quadra de Esportes
Restaurante
Restaurante
Restaurante
Restaurante
Restaurante
Rede


Dia 2 - Pireneus Vinhos e Vinhedos

     Acordamos e fomos para o café da manhã no restaurante do hotel, que fica em frente aos apartamentos. Lá na frente estava uma vaquinha para quem quisesse tirar o leite. Acho essas coisas muito legais nos hotéis fazenda. No entanto, naquele dia e ali eu já não gostei muito, pois como havia chovido a noite, estava tudo molhado, a vaca estava com o bezerro no chão de pedra do hotel, e não em uma grama, como é de costume, então fazia suas necessidade ali mesmo, e o cuidador tinha que jogar água para retirar, mas mesmo assim dava para ver que o chão (que era de pedra sabão) não ficava totalmente limpo. Não gostei e não deu vontade de parar ali para tirar leite da vaca.

     Café da manhã caprichado. Estilo fazenda mesmo, com muitas opções para diversos gostos, inclusive tapiocas feitas na hora.
Leite na Vaca
Café da Manhã
Café da Manhã
Café da Manhã
Café da Manhã


     Este dia já seria o marcado para irmos conhecer os Pirineus Vinhos e Vinhedos. Normalmente costumo passar o primeiro dia mais tranquilo para conhecer o hotel ou a cidade onde vamos (com algumas exceções, é claro), sem passeios marcados. Principalmente em hotel fazenda, prefiro conhecer o hotel, ver o que dá pra fazer, as instalações, etc... mas o dia desta visita aos vinhedos não podia ser outro, pois o passeio tem dia/hora marcados, e não são frequentes, pois o que a vinícola oferece não é somente uma visita guiada, mas sim uma visita com um almoço harmonizado, e você tem que marcar com antecedência. Felizmente para mim, mesmo tento marcado de última hora eu consegui uma vaga extra, pois como a demanda estava muito alta, a proprietária resolveu fazer um outro dia de almoço. Que bom que deu tudo certo, não é ? Não irei me alongar muito sobre esta visita, pois tenho uma postagem dedicado a ela: Clique aqui para acessar a postagem.

     Mas antes de irmos ao vinhedo, ainda dava tempo de passear por ali. O sol saiu e fez um tempo bom, permitindo dar uma olhada melhor nas instalações do hotel. Bia adorou ver as galinhas d'angola e ficamos atrás delas um tempão ! Bia também adorou uma gatinha que sempre rondava por ali, esperando ganhar algum restinho de comida.

Ponte sobre o Rio
Rio Corumbá
As Galinhas
Bia e as Galinhas
Cavalos

     Chegando já quase de noite no hotel, não pudemos fazer quase nada, tentamos ir no parquinho, mas ele é meio íngreme (como todo o hotel) e estava todo molhado. Choveu a noite toda. Eu estava também um pouco fraco por causa de uma gripe.

Parquinho
Parquinho

      Hotel Fazenda não tem opção, almoço e jantar é sempre por lá, inclusive nosso pacote já incluía as refeições principais. O jantar desse dia achei meio fraco, havia uma estação da massa, muito legal, mas fora isso, as opções eram um bife de panela e um strogonoff.



Dia 3

Café da Manhã
     O dia amanheceu nublado e tudo molhado, tinha chovido a noite toda. O sol ainda fraco. Tomamos
o café da manhã, Bia continuou a ir atrás da gatinha e nos arrumamos para a piscina.

     Existem 3 piscinas lá, duas abertas e outra coberta, que teoricamente era para ser semi-aquecida. No entanto não tinha nada de aquecimento. Fomos na piscina aberta mais superior, pois parecia melhor, mais rasa e mais animada, também semi-aquecida, as pessoas estavam todas lá, a piscina coberta estava vazia e a terceira, mais abaixo, totalmente vazia, pois não tinha aquecimento.

     Bia adora uma piscina, então não precisa nem dizer que ela se divertiu demais ! Brincou até com bola dos outros que viu por lá e fez sucesso entre as "tias" que estavam na piscina também.

Piscina
Piscina
Piscina

      Ali do lado o bar estava animado, com mesas e palco para apresentação musical, com uma banda tocando marchinhas de carnaval para os hóspedes. Eu só acho uma pena os preços do bar serem tão "salgados" (sem trocadilhos), mas estavam tão absurdamente caros que não tinha como aproveitar. Gostaria de sentar ali com meu filho ou a família para petiscar, tomar um vinho, mas não dava. Um Concha Y Toro Reservado, um vinho comum que se compra até em supermercado por R$ 35 no máximo, lá estavam cobrando R$ 70,00 ! Mas foi legal curtir a bandinha de carnaval.

Banda de Carnaval

Sobremesa

     Dali, tomamos um banho e fomos almoçar.
    O almoço estava muito bom, caprichado com feijoada, pernil e outras comidas bem gostosas. O único detalhe que me lembro é que a goiabada que peguei como sobremesa (mineiro é assim, aparece um queijo, doce de leite e goiabada, não resiste!) não era caseira, era aquela em lata que se compra em supermercado.





     À tarde a chuva desabou novamente. Choveu demais. Ficamos no quiosque do bar, que se revelou um centro de goteiras. Mesmo assim, a animação corria solta ali, a equipe de animação do hotel (que posso garantir, era muito boa), estava embalando as crianças com danças de zumba no palco instalado o quiosque do bar e tamb[em confecção de lanterninhas para o evento infantil que teria à noite.

Animação no Bar
Animação no Bar
Animação no Bar
   
Futebol
     Enquanto isso Gabriel aproveitou para jogar futebol com outros hóspedes que organizaram uma partida na quadra de grama.


    E depois de tudo isso, mesmo com chuva, fomos jantar, mas não antes de presenciar as belezas que a natureza nos proporciona em alguns momentos peculiares.



Rio Corumbá

       O jantar ja achei fraco novamente, com pouca variedade. O problema de hotel fazenda também é esse, você fica amarrado no que ele oferece. Se não é legal ou não é suficiente, você fica na mão, por não ter opções. Mas nesta noite serviram também alguns caldos que estavam muito gostosos.

Caça às Fadas
     Já de noite, saímos com a Bia pois tinha programação. Felizmente a chuva já tinha parado, e atravessamos a ponte em direção à colina da recreação. As crianças se concentraram lá e cada um apegou a sus lanterninha feita à tarde. A equipe de animação inventou um a historinha para as crianças, que sairiam pelo hotel à noite segurando suas lanterninhas procurando uma farinha mágica que estava escondida em algum lugar.
     Foi bem interessante, o grupo de crianças passou por vários locais iluminado o caminho com suas lanterninhas, até chegar em um local específico. Ali, um dos integrantes saiu vestido de frozen e balançando um bombril aceso (quem já brincou disso ?). As crianças adoraram a brincadeira, os adultos já riram bastante da situação, pois estava muito hilário (sem contar que foi difícil conseguirem acender o bombril) aquele animador vestido de frozen pulando e dançando... valeu a noite !

Caça às Fadas
Caça às Fadas
Caça às Fadas
Caça às Fadas
Caça às Fadas
Caça às Fadas


     Depois da animação infantil voltamos para o quiosque, pois estava acontecendo um show ao vivo para os adultos. Cris e Bia foram para o quarto, mas eu fiquei um pouco mais por ali curtindo o momento. Nesta noite houve uma gincana também entre os adultos, e o casal que dançasse melhor ganharia 1 diária extra no hotel. No final, todos os casais que dançaram ganharam a diária. Voltei para o quarto já eram 23:30 !

Noite para os Adultos
Noite para os Adultos
Noite para os Adultos
Noite para os Adultos
Piscina Fria à Noite



Dia 4

Vaquinha no Café
Galinhas
     Este dia amanheceu nublado. Graças a Deus, nada de chuva ! Fomos para o café da manhã, que estava muito bom, bem variado. A vaquinha com seu bezerrinho estava lá firme e forte na entrada do restaurante. As galinhas também estavam rondando por lá. Saindo do restaurante, levamos alguns pedaços de pão para a Bia jogar para as galinhas, e ela amou.





     Neste dia a recreação programou para os adultos uma caminhada matinal e eu aproveitei para ir com eles. Saímos às 09:30 por detrás da "colina" da recreação. Cris ficou com a Bia. Andamos por uma estrada de terra entra as fazendas dali, e foi uma caminhada muito gostosa, o sol estava bom e a caminhada durou cerca de 1 hora. Na volta, aproveitei para me refrescar na piscina com essa menininha que não nega uma água.
Caminhada
Caminhada
Piscina
Piscina
Escorregador


      Para a criançada, a equipe de animação montou um escorregador com plástico e água na grama do lado do parquinho, e a meninada adorou ! Foi uma bagunça ! Bia não pôde ir, ela era muito pequenininha para aquela brincadeira. No quiosque, mais uma vez a bandinha tocava marchinhas de carnaval para animar os hóspedes.




Almoço


    A manhã ficou assim mesmo, depois fomos almoçar, um almoço também razoável. Passamos a tarde pelo hotel, atrás das galinhas, cavalos e qualquer outro bicho que achamos. Descemos também até o rio, uma descida estranha pela encosta no mato, mas deu tudo certo.

     Certa hora, resolvi verificar um lugar que estava "encucado". Do lado do quiosque havia um prédio com alguns apartamentos, e do lado dele uma escada para o primeiro andar com uma placa informando: Maiores de 18 Anos. A porta vivia encostada, nunca vi ninguém ir lá, mas mesmo assim resolver dar uma "olhadinha". Quando abri, levei até um susto, era uma academia ! Por que não me falaram antes ???? Ô que felicidade ! Os equipamentos eram velhos, mas quem se importa ? Funcionavam e dava para usar. Por um ou dois dias estava perfeito. Nunca iria imaginar ali uma academia, pois do lado da piscina havia um espaço com 2 ou 3 equipamentos de academia quebrados, e eu achava que devia ser ali e como quebraram estava desativada. Claro que nesta tarde mesmo fui para a recém descoberta academia....

Academia
Academia
Academia
Adicionar legenda

Baile de Máscaras
     O jantar novamente estava meio fraco. O hotel poderia investir melhor na alimentação, deixou muito a desejar em diversos momentos. Depois voltamos para o quiosque do bar, lá haveria nesta noite um baile de máscaras. O baile carnavalesco foi bem divertido, cada um ganhou uma máscara e brincamos muito. Mais uma vez, aproveitando que o jantar deixou a desejar, gostaria muito de sentar em uma mesa e pedir uma pizza e um delicioso vinho, mas não tive coragem, tudo um absurdo de caro. Não me importo em pagar um pouco mais caro em um produto nessas ocasiões, mas ali os preços eram realmente exorbitantes, impraticáveis, além do mais, a pizza iria ser muito grande para eu e Gabriel comermos sozinhos (Cris e Bia voltaram para o quarto uma certa hora, pois Bia desmaiou no colo de tão cansada, com máscara do carnaval).


Dia 5

Galinhas
     Neste dia levantamos mais tarde, o dia anterior foi bem cansativo, e tomamos o café da manhã. Claro que depois, ficamos novamente atrás das galinhas e da gatinha que sempre ficavam por ali. Desta vez elas foram também passear lá por perto dos apartamentos, e levamos alguns pãezinhos para elas.

     Resolvi então ir dar uma corrida, aproveitando o caminho que aprendi no dia anterior na caminhada. Minha corrida foi maior do que eu pensava, pois peguei alguns caminhos desconhecidos, e acabei saindo na cidade vizinha, Corumbá de Goiás, e voltei pela estrada, dando um total de 9 Km. Adorei a corrida.
Corrida
Corrida
Corrida
Corrida


    Na volta, piscina novamente !  E Bia adorou brincar com uma bóia emprestada. Tomamos banho  e fomos almoçar, um almoço fraco com carnes muito sem graça e nem arroz integral fizeram dessa vez. Depois e fui jogar sinuca com o Gabriel no quiosque e passar o tempo, e Bia ficou brincado com algumas menininhas por lá.

Piscina
Piscina
Piscina
Sinuca
Amiguinhas


Jantando


     O jantar foi muito fraco de novo. Basicamente, estação de massas novamente, saladas arroz, frango e um bife. Parece que as refeições não são o forte deste hotel, mas pelo menos não passamos fome, não é ? O problema é a variedade, para tentar satisfazer a diferença entre os hóspedes. 





Prêmio
     De noite, fomos novamente no quiosque. Cris e Bia voltaram para o quarto para dormir, mas fiquei com o Gabriel lá. Estava começando uma gincana musical entre os hóspedes, com o tema de musical de filmes. Eram tocadas várias músicas e tínhamos que colocar em uma lista qual filme ela pertencia. Com a ajuda d Gabriel ficou mais fácil, e conseguimos uma excelente pontuação ! Ganhamos uma porção de batata fritas, mas consegui trocar por uma porção de frango com provolone, que estava delicioso e detonamos tudinho (quase, levamos alguns para a Cris) !




Dia 6 - Volta


     Último dia, nada demais, era dia de voltar para casa. Foi apenas o tempo de acordarmos, arrumarmos tudo e pegarmos estrada de volta, com mais histórias para contar. Mas antes, descobrimos um ninho de passarinho, com alguns filhotinhos, nas plantas da varanda do nosso apartamento, um amor....
Ninho de Passarinhos
Ninho de Passarinhos




Nenhum comentário:

Postar um comentário